Publicação
A CPFL Energia, maior grupo privado do setor elétrico brasileiro, e o Instituto Ecofuturo, organização criada e mantida pela Suzano Papel e Celulose, realizaram no dia 31 de outubro a oficina “O Ambiente Natural como Espaço Educador” em Campinas. A iniciativa conta com a participação de 40 educadores, professores e pessoas da comunidade local e faz parte das atividades para a implantação de uma Biblioteca Comunitária na cidade, com inauguração prevista para o início de dezembro. O projeto é realizado pelo Instituto e tem o investimento da CPFL Energia e apoio da Prefeitura do município.
 
A oficina visa fomentar a conexão entre educação e meio ambiente, promovendo a natureza como espaço de aprendizagem e a relação de crianças e adultos com as áreas naturais. “No contato próximo e frequente com a natureza, despertamos a consciência socioambiental e, por meio da leitura, acessamos conhecimento. Ao conectarmos a criança com a natureza e o conhecimento, estamos construindo as bases para a formação de cidadãos mais responsáveis e, consequentemente, para um futuro mais sustentável”, afirma Michele Martins, responsável pelo programa de Educação Socioambiental do Ecofuturo. 

Com formato participativo, o encontro traz dinâmicas e reflexões para despertar o olhar dos participantes à promoção de leitura sobre e na natureza, apresentando o livro como um excelente instrumento para potencializar a vivência em ambientes naturais. “O contato da criança na natureza impacta em todos os aspectos do seu desenvolvimento, inclusive na construção do respeito ao meio e de vínculos de qualidade com as outras pessoas. Alguém que tem essas experiências desde cedo, se torna um adulto com mais consciência ambiental e com maior repertório sobre sustentabilidade. E a leitura contribui muito para essa formação”, explica Michele.

A nova Biblioteca Comunitária será implantada na EMEF Oziel Alves Pereira, localizada no Parque Oziel, que atende atualmente a cerca de mil alunos do ensino fundamental e médio. Aberta também à comunidade, a unidade receberá um acervo composto por 1 mil livros novos de literatura, sendo parte dedicada ao tema meio ambiente. Além dessa oficina, os participantes já realizaram formações sobre Promoção de Leitura e Gestão de Biblioteca, também oferecidas gratuitamente pelo projeto.

O investimento de R$ 1 milhão da CPFL Energia no projeto Biblioteca Comunitária Ecofuturo faz parte da sua estratégia de uso dos recursos do subcrédito social, uma linha de crédito concedida pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) quando uma empresa contrata um financiamento para a realização de investimentos. A parceria entre a CPFL Energia e o Instituto Ecofuturo também contempla a implantação de Bibliotecas Comunitárias em Bebedouro e Marília, no interior de São Paulo. 

Sobre o projeto Biblioteca Comunitária 
A conquista de competências para leitura e escrita é a base para a educação de qualidade e desenvolvimento da consciência crítica. Com essa visão, o projeto tem como objetivo contribuir para a implantação e qualificação de política pública de leitura e de biblioteca, para a democratização do acesso ao livro, formação de leitores e a universalização de bibliotecas no País.
Em parceria com o poder público, iniciativa privada e comunidade local, o Ecofuturo trabalha na implantação de bibliotecas em escolas públicas, abertas à comunidade, e no incentivo à promoção da leitura. Alguns destaques:
• 107 bibliotecas implantadas em 12 Estados.
• Média de 6 mil atendimentos por ano em cada unidade.
• 4 mil pessoas formadas nos cursos de Auxiliar de Biblioteca e Promotor de Leitura.
• Realização de oficinas de gestão e sustentabilidade com representantes do poder público.

Sobre o Instituto Ecofuturo
O Instituto Ecofuturo é uma organização sem fins lucrativos, criada e mantida pela Suzano Papel e Celulose, que visa despertar a consciência socioambiental. Desde 1999, mantém projetos que contribuem para o fortalecimento da prática de leitura, universalização de bibliotecas e conservação do meio ambiente, atuando como articulador entre a sociedade civil, o poder público e o setor privado. O Instituto Ecofuturo busca nas relações com a natureza a sua inspiração, uma vez que as pessoas e o meio são indissociáveis, apoia a formação de cidadãos críticos e responsáveis, capazes de interagir positivamente entre si e com o ambiente, transformando o presente e o futuro para melhor. Para mais informações, visite www.ecofuturo.org.br. 

Sobre a CPFL Energia
 A CPFL Energia, há 104 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização e serviços. Desde janeiro de 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e a maior companhia de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.

 Com 14,3% de participação, a CPFL Energia é líder no mercado de distribuição, totalizando mais de 9,1 milhões de clientes em 679 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 14,1% na venda para consumidores finais. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras.

 Na geração, é a terceira maior agente privada do País, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis, como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Considerando a participação acionária na CPFL Renováveis, maior empresa de geração da América Latina a partir de fontes alternativas de energia, a capacidade instalada do Grupo CPFL alcançou 3.258 MW, no final do primeiro trimestre de 2017. 

 A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e ADR Nível III na NYSE. Pelo 12º. ano consecutivo, as ações da companhia integram a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.

 

Não há temas
Para procurar por publicações similares, clique
nos temas acima ou nos textos listados ao lado.
Você também pode realizar uma pesquisa
no campo superior desta página.
Você pode ainda publicar seu comentário logo abaixo, assim como mandar sua sugestão por e-mail.


Participe, deixe abaixo os seus comentários.

Ajax Indicator
Ajax Indicator

Institucional

Conheça aqui a rede de comunicação da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Contato

A ABTCP espera sua mensagem, seja para anunciar, enviar sugestões ou tirar dúvidas sobre nossas publicações.

Nosso Papel | ABTCP | Todos os direitos reservados 2009