Programa Colmeias da Fibria completa 15 anos

Publicação
A Fibria comemora os 15 anos de sucesso e desenvolvimento junto às comunidades do Programa Colmeias. O êxito do Programa pode ser medido por sua capacidade de produzir cerca de 57 quilos de mel por colmeia/ano, mais do que o triplo da média nacional.

Com o objetivo de fortalecer a apicultura e fomentar o desenvolvimento da cadeia apícola, o Programa tem conquistado resultados positivos e cada vez mais progressivos na produção de mel. Atualmente, 342 apicultores, que residem nas cidades de Capão Bonito, Itapeva, Itapetininga, Sorocaba, Votorantim, Alumínio, Santa Cruz do Rio Pardo e Itatinga, no Estado de São Paulo, integram o Colmeias.

É importante destacar que a produção de mel na região de Capão de Bonito (SP) ultrapassou a marca de duas mil toneladas nos últimos sete anos, possibilitando aos apicultores a oportunidade de participar de programas de políticas públicas, como a aquisição de mel, por parte da prefeitura, para a merenda escolar.

“A Fibria baseia seu investimento socioambiental à sua estratégia de negócio e busca constantemente melhorar a qualidade de vida das comunidades onde está presente. Nesta perspectiva, a análise do resultado que o Programa Colmeias trouxe a tantas famílias, indica que estamos no caminho certo”, diz Fausto Camargo, gerente-geral de Sustentabilidade da Fibria.

Nesses 15 anos, o Colmeias tem apresentado importantes avanços na atividade apícola da região, e isso pode ser constatado por meio da orientação de consultores especializados, que atuam no Programa. Os apicultores receberam noções estratégicas sobre manejo, gestão e comercialização do produto, permitindo o aumento e a valorização da atividade.

Esses resultados trouxeram impactos positivos não apenas no aumento da renda familiar dos apicultores, mas também, na valorização da profissão. “Antes, as pessoas não sabiam o que fazia um apicultor e muitas tinham dúvidas se era possível sobreviver desta atividade. Hoje, somos reconhecidos, conseguimos manter uma renda e ainda temos expectativas de melhorar cada vez mais, graças ao programa Colmeias”, diz João Reginaldo Sudário, presidente da APICAB (Associação dos Apicultores de Capão Bonito).

O objetivo agora é promover para os próximos anos a inserção do mel em novos mercados. E para dar continuidade aos bons resultados, a Fibria conta com o apoio de parceiros que também acreditam no fortalecimento dos programas de geração de renda e ações sociais, como SEBRAE/SP, UNITAU (Universidade de Taubaté), CBA (Confederação Brasileira de Apicultura) e Syngenta.

Principais marcos do Programa Colmeias na região de Capão Bonito (SP)
2002 – Instalação do primeiro apiário em Capão Bonito
2006 – Expansão do projeto para municípios vizinhos
2009 – Produção de mel da florada do Eucalipto bate recorde no Estado
2012 – Mel orgânico é exportado para a Europa
2014 – Ministério da Agricultura reconhece Programa como case de Sustentabilidade na Agricultura
2016 – Confederação Brasileira de Apicultura confere título de maior programa privado de apicultura do País.   

Fonte: Fibria

 

Esta publicação fala sobre
Para procurar por publicações similares, clique
nos temas acima ou nos textos listados ao lado.
Você também pode realizar uma pesquisa
no campo superior desta página.
Você pode ainda publicar seu comentário logo abaixo, assim como mandar sua sugestão por e-mail.


Participe, deixe abaixo os seus comentários.

Ajax Indicator
Ajax Indicator

Institucional

Conheça aqui a rede de comunicação da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Contato

A ABTCP espera sua mensagem, seja para anunciar, enviar sugestões ou tirar dúvidas sobre nossas publicações.

Nosso Papel | ABTCP | Todos os direitos reservados 2009