Práticas sustentáveis para a cidade de São Silvestre

Sustentabilidade | Sustentabilidade | 30.05.2018
Publicação
A Fibria desenvolve ações com a comunidade sobre a importância de iniciativas que beneficiem o meio ambiente e promovam a qualidade de vida. Após a participação efetiva dos alunos da EMEF José Eboli de Lima - do distrito de São Silvestre, em Jacareí (SP) – no projeto Práticas Sustentáveis, realizado durante o ano de 2017, surge uma nova proposta: os Quintais Produtivos. 
O Práticas Sustentáveis envolveu cerca de 360 estudantes da escola, que criaram um pomar, desenvolveram um sistema de captação de água da chuva, trabalharam com a compostagem de resíduos orgânicos e cuidaram da horta e da espiral de ervas. Outra atividade do projeto foi o plantio de vinte árvores frutíferas, doadas pelo Viveiro de Jacareí e pela ONG Ecovital, de Caçapava (SP). 
O projeto deu tão certo que os alunos quiseram levar as práticas para suas casas, então nasceu o projeto Quintais Produtivos. A ideia é que os ensinamentos sejam adotados pelas famílias da comunidade. Iniciado em março, com o planejamento nas propriedades, o projeto já envolve doze pessoas, está aberto a novas adesões e será desenvolvido até o final do ano. 
“O projeto tem como foco aumentar o tempo de convívio familiar, estimular a alimentação saudável - com a produção de alimentos orgânicos - e trazer ganhos financeiros para as famílias, reduzindo custos com a compra de alimentos e iniciando o processo de comercialização dos produtos cultivados nos quintais”, afirma o consultor de Sustentabilidade da Fibria, Adriano Martins.
Com o apoio de especialistas da Fibria, são realizadas atividades práticas nas casas e, a cada 15 dias, os participantes se reúnem para avaliar a evolução das ações em cada residência. “Está sendo muito bom participar do projeto, que tem como objetivo a alimentação saudável. Muitas pessoas estão envolvidas e, aos poucos, vai aumentando o número de participantes. Sempre gostei de horta, plantava alface e cebolinha, mas com as orientações estou pegando o jeito certo. Agora quero plantar tomate e ervas medicinais. A ideia do grupo é tentar vender os produtos mais para frente”, afirma a dona de casa, Maria do Carmo Teodoro Pinto.
Dona Maria do Carmo gostou tanto da ideia do projeto que trouxe a cunhada, Telma Ribeiro Pinto de Sousa, para integrar o grupo do Quintais Produtivos. “Tendo a nossa própria horta, diminuímos os custos em compras e sabemos que vamos consumir um alimento orgânico, saudável. Vou começar a plantar cheiro-verde, alecrim, erva-cidreira e hortelã. Em cada reunião aprendemos algo diferente. Se conseguirmos produzir bastante, vamos tentar vender os produtos”, diz Telma. 

Fonte: Fibria

 

Esta publicação fala sobre
Para procurar por publicações similares, clique
nos temas acima ou nos textos listados ao lado.
Você também pode realizar uma pesquisa
no campo superior desta página.
Você pode ainda publicar seu comentário logo abaixo, assim como mandar sua sugestão por e-mail.


Participe, deixe abaixo os seus comentários.

Ajax Indicator
Ajax Indicator

Institucional

Conheça aqui a rede de comunicação da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Contato

A ABTCP espera sua mensagem, seja para anunciar, enviar sugestões ou tirar dúvidas sobre nossas publicações.

Nosso Papel | ABTCP | Todos os direitos reservados 2009